Luiz de Camões marinheiro

Published: 1880
Language: Portugues
Wordcount: 10,493 / 43 pg
LoC Category: PQ
Downloads: 1,129
Added to site: 2007.06.09
mnybks.net#: 17275
Genre: Poetry
Advertisement
Excerpt

igos mavorcios_ inhumanos;
Qual Canace, que á morte se condena,
_N'uma mão sempre a espada e n'outra a penna._

(Lus. VII, 79.)

Finalmente, em 1569, arribou a Moçambique a armada que regressava ao reino, e na qual íam os amigos do Poeta, os quaes, tendo pago as suas dividas, o trouxeram a Portugal na nau _Santa Clara_, «nau a mais rica, diz o sr. visconde de Juromenha, que tinha vindo de carreira da India, pois trazia a seu bordo Luiz de Camões e Diogo do Couto.»

Fundeou a nau na bahia de Cascaes em abril de 1570, e assim terminaram as longas perigrinações do Poeta.

Dez annos depois, a 10 de junho de 1580, morria Luiz de Camões, pobre e desamparado, e «vereis todos, escrevia elle pouco antes de deixar o mundo, que fui tão affeiçoado á minha patria, que não sómente me contentei de morrer n'ella, mas de morrer com ella!»

III

Temos vi

Cover image for

Download


show mobile phone QR code

Donate a small amount via Paypal below or read about some other ways that you can support ManyBooks.