Versos em honra do grande poeta Manoel Maria Barbosa du Bocage

Author: Elisino Sadão
Published: 1905
Language: Portugues
Wordcount: 1,976 / 14 pg
LoC Category: PQ
Downloads: 1,050
Added to site: 2007.09.17
mnybks.net#: 18263
Genre: Poetry
Buy new from: Amazon or Barnes & Noble
Find it used: eBay or AbeBooks
Get as AudioBook: Audible or AudioBooks.com
Advertisement
Excerpt

ndo sois maior, e mais luzido, É quando a satyra soltaes fogoso.

É latego que estala rancoroso, Ou ri e brinca, com valor brandido, E vibra e rasga, e que se impõe temido Ao inimigo mais formidoloso.

Dae-me essa força, Elmano, o estro candente, Dae-me tambem o guisalhar da troça Com que soubeste castigar contente!...

Quero coisa feraz que faça móssa, Que ha por hi muita cousa e muita gente Que reclamam, ha muito, brava coça!


+A sua desgraça+

Não lhe bastava a crúa e acerba sorte Que sempre o grande vate perseguiu, Sempre a empurrá-lo a um fatal desvio Da cova ao berço, do nascer á morte?

Esfarrapado rei em sua Côrte, Quasi sem roupa muita vez se viu; Depois de morto expõem-no á chuva e ao frio Em estatua tosca e de medonho córte!

Como preito já velho, honroso, e ufano, A um jornal pulha dão seu nome (Elmano). Quebram-lhe a penna as pedras dos garotos...

Lavam-no (agora!) a bombeiral

Cover image for

Download


show mobile phone QR code

Donate a small amount via Paypal below or read about some other ways that you can support ManyBooks.