Marilia de Dirceo

Marilia de Dirceo

By

0
(0 Reviews)
Marilia de Dirceo by Tomás António Gonzaga

Published:

1824

Downloads:

481

Share This

Marilia de Dirceo

By

0
(0 Reviews)

Book Excerpt


Queria ter izençao?

Desiste, Marilia bella,
De huma queixa sustentada
Só na altiva opinião.
Esta chamma he inspirada
Pelo Ceo; pois nella assenta
A nossa conservação.

Todos amão: só Marilia
Desta Lei da Natureza
Não deve ter izenção.

LYRA IX.

Eu sou, gentil Marilia, eu sou captivo,
Porém não me venceo a mão armada

De ferro, e de furor:
Huma alma sobre todas elevada
Não cede a outra força que não seja

Á tenra mão de Amor.

Arrastem pois os outros muito embora
Cadêas nas bigornas trabalhadas

Com pezados martellos:
Eu tenho as minhas mãos ao carro atadas
Com duros ferros não, com fios d'ouro,

Que são os teus cabellos.

Occulto nos teus meigos vivos olhos
Cupido a tudo faz tyranna guerra:

Sacode a setta ardente;

Eleanor Chance - Heart-warming Page-Turner set in Renaissance Italy
FEATURED AUTHOR - Eleanor Chance is a writer of award-winning suspense, thriller, and historical women's fiction. She cherishes books that influence her writing and her life, and hopes to create the same experience for readers. Her debut novel, Arms of Grace is a finalist in consideration for production by Wind Dancer Films, a silver medalist in the Readers' Favorite Awards, and a recipient of the B.R.A.G. Medallion. Eleanor has traveled the world and lived in five countries.