Á hora do crime

Á hora do crime
phantasia dramatica em 1 acto a proposito do assassinato do General Prim

By

3
(1 Review)
Á hora do crime by Francisco Luiz Coutinho de Miranda

Published:

1871

Pages:

40

Downloads:

9,224

Share This

Á hora do crime
phantasia dramatica em 1 acto a proposito do assassinato do General Prim

By

3
(1 Review)

Book Excerpt

e dizem meu pae e meu irmão; escuto as palavras dos seus correligionarios politicos que aqui se reunem; conheço as valiosas relações que elles manteem entre as classes populares; sei que é grande a sua dedicação pela republica, que é immenso o seu enthusiasmo por ella, que é sublime a sua abnegação, e que todos elles estão dispostos a implantar no solo da patria a arvore frondosa e santa da republica, ainda mesmo a troco dos maiores sacrificios!

MARTINEZ

(Inquieto) Queres tu dizer, Izabel, que os correligionarios de teu pae e de teu irmão estão dispostos... O que ouviste, Izabel?

IZABEL

(Com dignidade) O que eu ouço nas reuniões que se realisam n'esta casa, não t'o digo eu agora, nem t'o direi jámais! Se o amor me prendeu o coração a um monarchico, não me obsecou o espirito a ponto de me fazer trahir a causa que a minha

Readers reviews

5
4
3
2
1
3.0
Average from 1 Review
3
Write Review
Nowick Gray - Teasing the Dynamics of Choice Among Multiple Realities
FEATURED AUTHOR - Nowick Gray writes in a variety of genres, teasing the dynamics of choice among multiple realities: romantic relationships, plot endings, murder suspects, virtual worlds, alternate timelines, narrative loops, stylistic colorings. Educated at Dartmouth College and the University of Victoria, he taught in Inuit villages in the Arctic before carving out a homestead in the British Columbia mountains. In more recent years Nowick has settled on the West Coast, often spending winter months in tropical… Read more