By

5
(1 Review)
Só by António Nobre

Published:

1892

Pages:

0

Downloads:

1,090

Share This

By

5
(1 Review)

Book Excerpt

adeus! Nasce a aurora,
Adeus! vamos trabalhar!
Adeus, adeus! vou-me embora:
Chamaram-me as velas, no mar...
E o vento vae por hi fóra,
No seu cavallo, a ventar...

Pariz, 1891.

*Purinha*

O Espirito, a Nuvem, a Sombra, a Chymera,
Que (aonde ainda não sei) neste mundo me espera
Aquella que, um dia, mais leve que a bruma,
Toda cheia de véus, como uma Espuma,
O Sr. Padre me dará p'ra mim
E a seus pés me dirá, toda corada: Sim!
Ha-de ser alta como a Torre de David,
Magrinha como um choupo onde se enlaça a vide
E seu cabello em cachos, cachos d'uvas,
E negro como a capa das viuvas...
(Á maneira o trará das virgens de Belem
Que a Nossa Senhora ficava tão bem!)
E será uma espada a sua mão,
E branca como a neve do Marão,
E seus dedos serão como punhaes,
Fuzos de prata onde fiarei meus ais!
E os seus sei

Eleanor Chance - Historical Woman's Fiction set in Renaissance Italy
FEATURED AUTHOR - Eleanor Chance is an award-winning suspense, thriller, and historical women's fiction writer who thrives on crafting tales of everyday superheroes. Her debut novel, Arms of Grace, is a finalist in consideration for production by Wind Dancer Films, a silver medalist in the Readers' Favorite Awards, and a recipient of the B.R.A.G. Medallion. Eleanor has traveled the world and lived in five different countries. She currently lives in the Williamsburg, Virginia area with her husband, is the proud… Read more