Pedro AA Simão

Share Profile

Pedro AA Simão

Pedro AA Simão’s book reviews

Eça a brigar forte e feio com a Igreja. Desde a água do rio Jordão, até ao "meu valente portuguesinho" tudo ele ajudou para desmontar o que considerava ser a religião: só mentiras e invenções com toques de prestidigitação servida por gente pouco recomendável.

À parte os exageros, note-se que esta obra não foi completamente revista pelo autor para publicação, não deixa de ser uma obra fundamental do autor.
03/25/2006
Se fosse escrito hoje, só mudaria alguns vocábulos e pouco mais. A sagaz e ácida crítica À Política e à forma como ela corrompe e apodrece até os melhores.

Aconselho vivamente para que se possa dar algum desconto aos que lidam com a política e não têm forças para lhe resistir.
03/25/2006
Obra poética envolta em mistério, nem esta escapou da censura do pré 25 de Abril (o canto da ilha dos amores era "esquecido").

Tecnicamente perfeita (na sua versão original) é uma elegia ao povo português. Um hino ao que Camões idealizava que éramos.

Uma triste ilusão, porque somos simplesmente humanos.
03/25/2006
Foi o primeiro livro que li do Eça, e foi uma barrigada de riso. A hipocrisia, o cinismo, a devoção pelo dinheiro, e o pouco que a nossa sociedade evoluiu neste século e picos.
Leitura obrigatória a quem tenha sentido de humor e sentido crítico.
03/25/2006
"Quem és tu Romeiro?" - "Ninguém"

Enfim, na arte dramática do romantismo português será difícil encontrar frase mais célebre e escrita mais lúcida.
03/25/2006
Dele, dizia o Eça que até o nome escrevia mal, porque o escrevia com "i", eh eh eh. Quanto ao livro proprimanete dito, além da visão histórica que transmite das guerras liberais de XIX, é uma obra prima do romantismo português. Infelizmente muito mal apresentado e ensinado em Portugal.
03/25/2006
Poeta realista do séc.XIX português, os seus poemas foram compilados e editados em livro postumamente.
Tal facto não o libertou da honra de ser dos melhores entre os melhores com poemas que variam entre a mais fina ironia e a mais crua amargura.
Anão perder em qualquer biblioteca.
03/25/2006
Nowick Gray - Teasing the Dynamics of Choice Among Multiple Realities
FEATURED AUTHOR - Nowick Gray writes in a variety of genres, teasing the dynamics of choice among multiple realities: romantic relationships, plot endings, murder suspects, virtual worlds, alternate timelines, narrative loops, stylistic colorings. Educated at Dartmouth College and the University of Victoria, he taught in Inuit villages in the Arctic before carving out a homestead in the British Columbia mountains. In more recent years Nowick has settled on the West Coast, often spending winter months in tropical… Read more